Loading...

Pesquisar este blog

http://grupodestudoslutas.blogspot.com

Seguidores

Quem sou eu

São Paulo, São Paulo, Brazil
Professor da EEFE-USP; Praticante e Pesquisador de Judô; Preparador físico de atletas de modalidades esportivas de combate.

Arquivo do blog

terça-feira, 26 de julho de 2011

Artigo sobre aspectos fisiológicos do karate

Revista da Educação Física/UEM, Vol. 22, No 1 (2011)

Avaliação e comparação das respostas da percepção subjetiva de esforço e concentração de lactato em uma competição oficial de karate
Vinicius Milanez, Manoel Lima, Luiz Perandini, Cassio Gonçalves, Emerson Franchini
Resumo
Diversos indicadores fisiológicos podem ser usados para estimar a intensidade do esforço, tais como frequência cardíaca (FC), consumo de oxigênio (VO2), concentração de lactato ([Lac]) e percepção subjetiva de esforço (PSE). O objetivo do estudo foi avaliar e comparar as respostas da PSE e da [Lac] em uma competição oficial de caratê. Sete atletas participaram de uma competição interestadual, na qual foram mensuradas as variáveis [Lac] e a PSE mediante duas escalas, Borg 6-20 (PSE6-20) e CR-10 (PSECR-10), para estimar a intensidade do esforço. Os valores médios ± desvios padrão encontrados foram: pico de [Lac] = 7,6 ± 1,4 mM, PSE6-20 = 12 ± 3 e PSECR-10 = 3 ± 1. Foram encontradas correlação forte entre PSECR-10 e [Lac]pico (r = 0,82) e correlação moderada entre PSE6-20 e [Lac]pico (r = 0,62). Com base nos resultados observou-se que ambas as escalas apresentadas em momentos diferentes, podem ser aplicadas de maneira eficiente para mensurar o esforço realizado por caratecas durante a competição.
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/8058/7523

Nenhum comentário:

Postar um comentário